Prisões de cristãos aumentam no Nepal

Prisões de cristãos aumentam no Nepal

Prisões de cristãos aumentam no Nepal

"Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.” Mateus 24:9

A Portas Abertas notou um aumento nos relatos de prisões de cristãos no Nepal por compartilhar a fé ou por distribuir material cristão. Os casos de prisões se multiplicam. Dois cristãos (um americano e um pastor nepalês) foram presos em junho sob acusação de tentar converter as pessoas ao cristianismo, conforme informa o site NepalChurch.com.

Em 23 de julho, as autoridades prenderam um coreano de 73 anos, Cho Yusanf, por distribuir folhetos. Um casal de japoneses, Jero e Reieko Sekiya, também foi preso no mesmo dia. As prisões ocorreram em um setor de Pokhara, uma cidade com mais de 400 mil habitantes na região central do país. Os três continuam detidos enquanto a investigação se desenvolve.

Analistas observam que desde a introdução do novo código criminal do Nepal, em agosto do ano passado, a pressão sobre os cristãos tem aumentado. O código inclui uma medida “anticonversão”. Um analista de perseguição da Portas Abertas diz: “A liberdade religiosa no país está se deteriorando. A posse de materiais cristãos pode levar a prisões e isso deve ser visto como um claro alerta para todos os grupos de igrejas no Nepal”.

O Nepal ocupa a 32ª posição na Lista Mundial da Perseguição 2019 e nossos irmãos nepaleses precisam das nossas orações para continuarem firmes mesmo diante das ameaças. Ore para que pastores e líderes sejam sábios e ousados ao mesmo tempo. Clame para que a igreja não dê lugar ao medo, mas possa continuar exercendo seu papel de sal e luz.

Fonte: Portas Abertas